Quinta, 17 de Junho de 2021 00:06
(19) 98191-2534
Cultura São Paulo

Theatro São Pedro apresenta dobradinha de óperas francesas

Sócrates, de Erik Satie, e O Marinheiro Pobre, de Darius Milhaud, serão apresentadas nos dias 22 e 23 de maio

20/05/2021 12h16
Por: Zatum Notícias Fonte: Secom São Paulo
Foto: Reprodução/Secom São Paulo
Foto: Reprodução/Secom São Paulo

O Theatro São Pedro, instituição do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, gerido pela organização social Santa Marcelina Cultura, estreia no próximo final de semana duas óperas francesas: Sócrates, de Erik Satie, e O Marinheiro Pobre, de Darius Milhaud. As récitas acontecem no sábado, dia, 22, às 18h e no domingo, dia 23, às 17h. Os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia).

O espetáculo conta com direção musical de Gabriel Rhein-Schirato, que comanda a Orquestra do Theatro São Pedro, e encenação e iluminação de Caetano Vilela, A montagem traz ainda um elenco formado por Gabriella Pace (soprano), Victor Lucas Bento (contratenor), Paulo Mandarino (tenor), Vinicius Atique (barítono) e Eduardo Janho-Abumrad (baixo).

“A escolha da direção artística por estes títulos foi muito inteligente. São obras curtas, sem coro, que exigem bons solistas e podem ser executadas com segurança neste momento em que estamos vivendo”, destaca Caetano Vilela.

“São dois títulos muito distintos. Sócrates, de Erik Satie, é praticamente um oratório, não exige ação física. É uma ópera contemplativa e pede uma atmosfera mais sóbria. Já O Marinheiro Pobre, de Darius Milhaud, tem um enredo mais cotidiano. Utilizo em ambas os recursos de um tule transparente que cobre a cena isolando os cantores dentro de uma caixa em Sócrates, e num jogo de teatro de sombras em O Marinheiro Pobre. A luz foi fundamental para resolver as situações que exigiam contato físico. Crio a ilusão por meio das sombras”, explica Caetano Vilela.

 

            SÓCRATES 

Com enredo extraído de textos do filósofo grego  Platão, Sócrates, do compositor francês Erik Satie, estrou em 1920, em Paris. Originalmente composta para vozes femininas, com o tempo a obra passou também a ser interpretada apenas por vozes masculinas ou com a mescla de vozes masculinas e femininas.  Na montagem que sobe ao palco do Theatro São Pedro, Sócrates é interpretado pelo contratenor Victor Lucas Bento, Eduardo Janho-Abumrad é Fedro, o barítono Vinicius Atique interpreta Alcibíades e Gabriella Pace e Paulo Mandarino  fazem Fédon.

 

            O MARINHEIRO POBRE 

            Composta por Darius Milhaud, O Marinheiro Pobre é uma ópera de três atos, dedicada a Henri Sauguet, com libreto de Jean Cocteau, que afirmou ter se inspirado em uma notícia de um jornal. O enredo, que conta a história da esposa de um marinheiro que espera o seu retorno, pode ser encontrado também em uma canção do século XVII e na tragédia Der vierundzwanzigste Februar, de 1808. A ópera estreou em 1927, pela Opéra-Comique, em Paris.  Na montagem do Theatro São Pedro, a soprano Gabriella Pace é a mulher, o tenor Paulo Mandarino interpreta o marinheiro, Vinicius Atique faz o amigo e Eduardo Janho-Abumrad, o pai.

 

No domingo, dia 23, às 17h, terá transmissão gratuita do espetáculo pelo canal de YouTube: youtube.com/TheatroSaoPedroTSP 

Bilheteria 

Não haverá venda de ingressos na bilheteria do Theatro São Pedro. Os ingressos para todos os espetáculos devem ser adquiridos exclusivamente pelo site: https://theatrosaopedro.byinti.com/ 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Campinas - SP
Atualizado às 23h51 - Fonte: Climatempo
14°
Poucas nuvens

Mín. 13° Máx. 23°

14° Sensação
19 km/h Vento
82% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (18/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 21°

Sol com muitas nuvens
Sábado (19/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °