Sábado, 06 de Março de 2021 04:21
(19) 98191-2534
Geral Economia

Mercado Imobiliário traciona a economia nos bairros da RMC

Grandes projetos revitalizam cenário das cidades com bairros inteligentes

29/01/2021 17h05 Atualizada há 1 mês
Por: Da Redação
Prédio dos Chapéus Cury dará vida a grande empreendimento de impacto no bairro Botafogo (Foto arquivo)
Prédio dos Chapéus Cury dará vida a grande empreendimento de impacto no bairro Botafogo (Foto arquivo)

Em plena pandemia o mercado imobiliário é um dos principais eixos de desenvolvimento econômico ao lado do setor agro.

Somente no Cambuí, bairro nobre em Campinas, são 17 lançamentos. O Programa Verde Amarelo na RMC (Região Metropolitana de Campinas) também está surpreendendo com empreendimentos em todas as cidades, movimentando produtos para a classes populares e média.

Para ilustrar com mais precisão o poder do segmento imobiliário, citamos um dos projetos que recebeu aprovação nesta semana que é apontado como um modelo de requalificação de um bairro. Trata-se do prédio residencial e um shopping na antiga fábrica dos Chapéus Cury, no bairro Botafogo.

A construtora Helbor está à frente do projeto que irá preservar a fachada e a chaminé do imóvel tombado como patrimônio histórico.

A operação urbana consorciada é uma modalidade que permite direcionar recursos para o restauro histórico.

O impacto econômico no bairro é comemorado por todos os comerciantes e mudará o perfil da região. Já faz mais de oito anos que o imóvel da antiga fábrica está parado, aguardando as negociações. Com esta obra, o cenário urbano do Botafogo será outro, impactando inclusive, no entorno.

O projeto da Helbor prevê um centro comercial com lojas, cinema, praça de alimentação e supermercado, com espaços para prestação de serviços.

Trata-se de conceito multiuso, com forte impacto no entorno. 

A torre residencial terá apartamentos com pelo menos 100 m2, com três suítes, além de área completa de lazer. 

Este tipo de empreendimento é formatado com uma visão de longo prazo, enxergando 10 anos à frente. Somente para os trâmites burocráticos são necessários cinco anos. São necessários mais três anos para que as obras sejam realizadas.  

O interior da fábrica não é tombado, facilitando que o CONDEPACC (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultura de Campinas) libere as obras. A fachada e a torre do imóvel, porém, são tombadas e precisam ser restauradas, compromisso que foi assumido pela Helbor. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Campinas - SP
Atualizado às 03h55 - Fonte: Climatempo
20°
Chuva fraca

Mín. 21° Máx. 26°

20° Sensação
17 km/h Vento
100% Umidade do ar
90% (12mm) Chance de chuva
Amanhã (07/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva
Segunda (08/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.