Geral Comportamento

Região em alerta: monitoramento covid

Aumento de casos de covid em Paulínia sinaliza manutenção de alerta

01/10/2020 17h16
Por: Da Redação Fonte: Da Redação
Vacina coronavírus Johnson & Johnson Janssen será testada em Campinas — Foto: Janssen/ Divulgação
Vacina coronavírus Johnson & Johnson Janssen será testada em Campinas — Foto: Janssen/ Divulgação

Os municípios do interior paulista estão acompanhando apreensivos o número de pacientes em leitos de UTI. Em 7 dias Paulínia registrou o aumento de 7 casos em 24 horas, conforme boletim da Prefeitura (01), passando de 14 para 21 casos no Hospital Municipal de Paulínia “Vereador Antônio Orlando Navarro”.

Os boletins epidemiológicos são diários. O crescimento de casos confirmados, somando 39 moradores contaminados é outro dado preocupante.

No total, Paulínia acumula 3.533 notificações positivas de coronavirus dede o início da pandemia. O número de recuperados somam 3.284 pessoas e 79 mortos pela doença.

Vacina

Todo o sistema de saúde da Região Metropolitana de Campinas monitora os movimentos em torno do covid-19. O Hospital e Maternidade “Celso Pierro”, da PUC-Campinas, está à frente da fase 3 da pesquisa da vacina, com aplicação em voluntários da região.

Os estudos estão ligados ao Janssen Pharmaceuticals, do grupo Johnson & Johnson, dos Estados Unidos. No atual estágio da pesquisa o recrutamento de voluntários é realizado a partir de formulário.

Os critérios exigem idade mínima de 18 anos. O estudo está sob a responsabilidade da coordenadora da infectologia do Hospital Celso Pierro, Maria Patelli Juliani de Souza Lima.

A PUC-Campinas estará efetivando o teste com cerca de mil doses da Ad26.COV2.S, tendo a previsão de vacinar 40 pessoas diariamente.