Geral Política

Depois de trocarem graves ofensas, Cazellato e Tuta fazem aliança "eleitoreira"

No passado recente, ambos se xingavam pelas redes sociais

25/09/2020 11h28 Atualizada há 1 mês
Por: Da Redação Fonte: Da Redação
Aliança tem sido critica por eleitores (Crédito: divulgação)
Aliança tem sido critica por eleitores (Crédito: divulgação)

Tuta Bosco (Cidadania) e Du Cazellato (PL) já foram inimigos fatais. No entanto, na semana passada, ambos anunciaram uma aliança política. Nas redes sociais, diversos eleitores questionaram a “nova amizade” e lembraram que até há pouco tempo, na eleição suplementar de setembro do ano passado, os dois não pouparam xingamentos e acusações graves um contra o outro. 

Por exemplo, Tuta disse que Cazellato não comparecia aos debates para não ter que se explicar sobre “desvios de merenda”, que o atual prefeito “não honra a população de Paulínia” e que Cazellato é uma “vergonha”.

Na contramão, Cazellato disse que Tuta é “mentiroso”, que ele “gera empregos em Paulínia e não em Goiás”, como o ex-adversário e que como gestor, Tuta “deve R$ 50 milhões”, além de aparecer na cidade a “cada quatro anos para pedir votos”. 

Moradores

Para o morador do João Aranha Juraci Gomes Costa, 60 anos, a união de ambos representa interesses em “negociatas”.  “Conheço os dois há muito tempo, de quando eram dois meninos. Depois que cresceram, por conta da política passaram a se odiar. Mas agora, por conveniência eleitoral, se tornaram amigos. Isso pegou muito mal com o cidadão mais atento, que está preocupado em quem vai votar. Gostaria de entender os reais motivos da aproximação”, disse. 

Já a dona de casa Beatriz Facin da Silva, 38 anos, relatou que nas eleições passadas votou em Tuta, mas que agora está “decepcionada”. “Na minha avaliação, o governo atual é muito ruim e Tuta foi apoiar algo que não está bom para a cidade”, afirmou. 

Outro lado

 

 

Tuta foi procurado para se manifestar sobre o assunto por meio de assessores e não enviou nenhuma resposta. A mesma situação ocorreu com Cazellato.