Geral Política

20 mil crianças sem merenda

Alerta Máximo: Gestão Pública de Paulínia em colapso

25/09/2020 10h35 Atualizada há 1 mês
Por: Da Redação Fonte: Da Redação
Crianças sem merenda em Paulínia
Crianças sem merenda em Paulínia

Paulínia não entrega kit de merenda escolar para 20 mil crianças. Isso mesmo, muito difícil de acreditar, mas é uma realidade. 

Todas as cidades da RMC cumpriram esse dever humanitário. Grande parte das crianças vão às escolas para comer. Uma cidade do porte de Paulínia, com a arrecadação que possui, não tem como justificar esse desleixo.

Esse é mais uma fotografia da atual gestão municipal. Um quadro que revela a incompetência da gestão pública que não sabe cumprir requisitos mínimos de governança e elencar prioridades sociais.

Crianças representam o futuro. É a razão de existência da nação, do estado. Tem a ver com valores essenciais. Um crime que vai além de meras incongruências partidárias.

A fronteira do bom senso foi rompida. Sabemos que os sinais de falência da atual gestão do município de Paulínia é sistêmica, refletindo em deformações nas áreas de segurança, assistência social, saúde e educação.

Ano eleitoral é momento de colocar à mesa resultados. Mas este acontecimento extrapola e não deixa margem de tolerância, considerando o agravante da Pandemia, onde muitas famílias encontram-se em situação de vulnerabilidade extrema e o alimento das crianças é algo que não tem como protelar.

Estamos diante um caso sério, muito sério, principalmente falando de uma cidade como Paulínia. Máquina pública extremamente onerosa, ineficiente e desprovida de comando. O colapso eminente da gestão pública é uma realidade que tem nome:  incompetência.