Sábado, 21 de Maio de 2022
21°

Alguma nebulosidade

Campinas - SP

Dólar
R$ 4,88
Euro
R$ 5,15
Peso Arg.
R$ 0,04
Cidades Vida Bandida

Civil finaliza caso de bandidos que mataram e queimaram corpo de motorista no Guaçu

Um dos acusados continua foragido e é caçado pela polícia

21/01/2022 às 19h30
Por: Zatum Notícias Fonte: Diógenes Campos
Compartilhe:
O motorista Geraldo Afonso Martins foi morto por bandidos (Crédito: reprodução rede social)
O motorista Geraldo Afonso Martins foi morto por bandidos (Crédito: reprodução rede social)

O DIG (Departamento de Investigações Gerais) da Polícia Civil em Mogi Guaçu, nesta sexta-feira (21), finalizou as investigações sobre o latrocínio ocorrido no dia 9 de setembro do ano passado contra o caminhoneiro Geraldo Afonso Martins,  que morava em Cosmópolis e tinha 65 anos de idade. 

Segundo a polícia, o homem foi atraído para uma residência por duas mulheres. No local, havia uma emboscada. Ao chegar na moradia, o caminhoneiro foi enforcado por um dos homens que estavam no local. 

Depois, os bandidos queimaram o corpo de Martins, em um terreno baldio no bairro Jardim Ypê Pinheiros.

Somente após 22 dias do crime o caminhoneiro foi encontrado. A família do motorista estava desesperada. Um dos envolvidos foi preso e revelou o que havia ocorrido.  A história teve repercussão nacional, à época. 

Os acusados pegaram cartões de crédito da vítima e fizeram diversas compras. Além disso, eles tentaram vender o carro do trabalhador, mas não conseguiram. Uma quantia em dinheiro e o aparelho celular também foram roubados.  

Os policiais descobriram que Martins esteve em um bar, no Santa Terezinha I, antes do crime. No local, ele foi enganado e concordou em ir na residência onde acabou sendo barbaramente assassinado. 

No terreno onde o corpo foi escondido a polícia encontrou pedaços de ossos da vítima. 

Agora, estão presos  B.M.S, A., I.J.C.C. e A.P.S.. A Polícia Civil trabalha para encontrar o acusado Marcos Aurélio Toledo, que está foragido. Caso tenha alguma informação sobre o paradeiro do suspeito ligue para 190, da PM (Polícia Militar), ou 197 da Polícia Civil.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Diogenes Acontece em Mogi
Diogenes Acontece em Mogi
Sobre Diógenes Campos tem 33 anos de idade, trabalha como Agente do Sistema Prisional e é Jornalista, com o MTB-90427/SP. Atualmente cursa Licenciatura em História pela Unicensumar. É um dos fundadores do maior GRUPO de facebook de Mogi Mirim, o ACONTECE EM MOGI. Como membro de uma das forças de Segurança Pública, sempre tentou levar, por meio de matérias, a rotina da polícia. Ele também atua como comentarista político da cidade.
Campinas - SP Atualizado às 15h44 - Fonte: ClimaTempo
21°
Alguma nebulosidade

Mín. Máx. 22°

Dom 24°C 10°C
Seg 24°C 11°C
Ter 26°C 12°C
Qua 27°C 13°C
Qui 27°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete