Sábado, 21 de Maio de 2022
21°

Alguma nebulosidade

Campinas - SP

Dólar
R$ 4,88
Euro
R$ 5,15
Peso Arg.
R$ 0,04
Cidades Dinheiro Público

Exclusivo: Presidente do Conselho de Saúde explica o que são os “médicos fantasmas” de Monte Mor

Confira a entrevista com Edmilson da Silva Monteiro

18/01/2022 às 17h49
Por: Zatum Notícias Fonte: Raoni Zambi
Compartilhe:
O presidente do Conselho de Saúde de Monte Mor, Edmilson da Silva Monteiro (Crédito: arquivo pessoal)
O presidente do Conselho de Saúde de Monte Mor, Edmilson da Silva Monteiro (Crédito: arquivo pessoal)

O presidente do Conselho de Saúde de Monte Mor, Edmilson da Silva Monteiro, em entrevista ao Portal Zatum, nesta terça-feira (18), explicou o que são os “médicos fantasmas”, ou profissionais de saúde que receberam salários pagos com dinheiro público nos meses de agosto e setembro de 2021, mas não trabalharam nenhum um dia sequer. Os prejuízos aos cofres públicos são de aproximadamente R$ 700 mil. 

Nas últimas semanas, o assunto tem chamado atenção dos moradores da cidade. E muita gente tem se questionado o que se passa na Secretaria de Saúde. 

“Estou chateado com toda essa situação. Hoje, o sentimento é que a população foi traída, especialmente as pessoas mais carentes da cidade, que precisam utilizar os serviços da saúde pública. O dinheiro público foi tratado com desrespeito”, disse o pedreiro e morador de Monte Mor José Cardoso Barbosa, de 40 anos. 

Os pagamentos indevidos resultaram numa denúncia na Câmara e na aprovação de uma CP (Comissão Processante), aprovada por 11 vereadores e rejeitada por três. 

Caso o prefeito Edivaldo Antônio Brischi (PTB) seja considerado culpado pela maioria dos parlamentares, ele perde o cargo e assume em seu lugar o vice Ronaldo Tuim (Solidariedade). 

Confira os principais trechos da entrevista com o presidente do Conselho de Saúde, Edmilson da Silva Monteiro

Zatum: O que são os “funcionários fantasmas” que foram encontrados pelo Conselho de Saúde em Monte Mor?

Edmilson da Silva Monteiro: Quando o Conselho de Saúde trata deste tema,  se refere às prestações de contas apresentadas pelo Consórcio Intermunicipal CISMETRO, nos meses de Agosto e Setembro, efetuado pagamento dos mesmos  pela  Prefeitura, profissionais relacionados e pagos sem prestarem os serviços a que foram contratados, posto que a UPA 24h foi inaugurada  apenas em 30/09/2021. 

Zatum: Existe uma CP (Comissão Processante) na Câmara sobre o caso. Como presidente do conselho, o que o senhor espera que seja realizado? 

Sim, foi aprovado pela Câmara Municipal por 11 votos favoráveis à abertura da mesma e 03 votos contrários. O Conselho de Saúde,  a princípio, acompanha tal procedimento, como uma forma de esclarecer os fatos a serem apurados e responsabilizados na medida adequada os envolvidos.

Zatum: Qual é o tamanho do prejuízo aos cofres públicos? E Como isso atrapalha a vida das pessoas?

Edmilson da Silva Monteiro: Pelo que consta da peça inicial da comissão, apura-se em média de até uns 700 mil reais, em se falando de Médicos da UPA 24h, contudo ainda constam outros pontos a serem apurados, tanto no Regime CLT e Carros Locados, segundo a CP, também para serem apurados.

E como isso atrapalha as pessoas? De maneira um tanto dolorida, posto que neste período do trâmite da CP, a população sofre na pele um misto de desalento quanto à ausência de serviços básicos a serem prestados, bem como pelo  descaso com o dinheiro público.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Campinas - SP Atualizado às 16h24 - Fonte: ClimaTempo
21°
Alguma nebulosidade

Mín. Máx. 22°

Dom 24°C 10°C
Seg 24°C 11°C
Ter 26°C 12°C
Qua 27°C 13°C
Qui 27°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete