Sábado, 04 de Dezembro de 2021
21°

Alguma nebulosidade

Campinas - SP

Dólar
R$ 5,65
Euro
R$ 6,39
Peso Arg.
R$ 0,06
Cidades Paulínia

Justiça afasta vereador Tiguila por “rachadinha”

Denúncia foi realizada por ex-funcionária

22/10/2021 às 13h23 Atualizada em 22/10/2021 às 16h47
Por: Zatum Notícias Fonte: Raoni Zambi
Compartilhe:
O parlamentar Tiguila Paes, que foi afastado pela Justiça (Crédito: divulgação)
O parlamentar Tiguila Paes, que foi afastado pela Justiça (Crédito: divulgação)

A Justiça afastou o vereador de Paulínia Ademilson Jeferson Paes (Cidadania), o Tiguila, pela suposta prática de “rachadinha”, conforme informado nesta sexta-feira (22) pela Assessoria de Imprensa do MP (Ministério Público). O parlamentar pode recorrer em segunda instância.

“Esse vereador e outra pessoa foram denunciados por crime de corrupção na câmara, pelas 'rachadinhas'. A denúncia foi feita por uma ex-funcionária. Foram pedidas algumas cautelares, a Justiça acatou todas, inclusive o afastamento do vereador do cargo”, diz a nota da promotoria.

Segundo a denunciante, Tiguila ficava com parte dos salários dela. A denúncia, com provas, foi entregue para o MP. O crime, considerado peculato e improbidade administrativa em diversos tribunais, popularmente é conhecido como “rachadinha”.

O suplente de Tiguila é Odair Bordignon (Cidadania).

A Justiça também conseguiu o afastamento de João Mota (PSDC), também pela prática de "rachadinha". 

Outro lado

"Estou buscando informações sobre essa decisão, a qual não fui sequer ouvido. Então como não tive acesso ao processo, e não sei dizer do que se trata, volto a falar sobre o tema logo, após saber sobre os fatos. Mas adianto estar muito tranquilo, pois sei muito bem como trabalhamos, com honestidade e todos os dias trabalhando para ajudar nossa população e tenho certeza que esse equívoco logo será resolvido", disse Tiguila por meio de nota.

Leia a nota da Câmara de Paulínia sobre a situação: 

"A Câmara Municipal de Paulínia recebeu ofício do Ministério Público com decisão judicial determinando o afastamento do vereador Tiguila Paes (Cidadania). Informamos que a Câmara cumprirá a decisão judicial e seguirá colaborando com todos os desdobramentos da investigação".

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.