Cidades Paulínia

Cazellato é omisso e mantém frota reduzida dos ônibus para atender a população

Atrasos e salários atrasados estão entre as reclamações de usuários e trabalhadores

19/08/2020 19h03 Atualizada há 3 meses
Por: Zatum Notícias Fonte: Raoni Zambi
População tem reclamado dos atrasos frequentes, especialmente nos horários de pico (Crédito: divulgação)
População tem reclamado dos atrasos frequentes, especialmente nos horários de pico (Crédito: divulgação)

O prefeito de Paulínia, Du Cazellato (PSDB), tem sido omisso para resolver os problemas que a população enfrenta no transporte público. Desde que a Viação Terra se instalou na cidade, em janeiro deste ano, os usuários do transporte público estão muito insatisfeitos com a péssima qualidade do serviço oferecido. 

Na sessão de terça-feira (18), o presidente da Câmara, Antonio Miguel Ferrari (Democracia Cristã) fez diversas reclamações sobre a empresa responsável pela concessão. 

"Já se passaram pouco mais de sete meses desde o início de operação em nossa cidade e nada de melhorias. Muito pelo contrário, o serviço ainda tem deixado a desejar, ainda mais neste período de pandemia em que vivemos", afirmou Loira. 

Frota reduzida

Segundo Loira, a Terra deveria disponibilizar 46 ônibus. No entanto, atualmente 37 veículos estão em circulação, o que resulta em atrasos e aglomeração no interior dos ônibus e contribui para mais contatos de coronavírus em Paulínia. 

“Só para vocês terem uma ideia, há linhas que em determinados horários a redução é de praticamente 50 por cento,  como a linha do Leonor. Sete carros deveriam estar rodando, mas em muitas situações não há quatro ônibus da linha em circulação. Já o João Aranha chega a ficar até 45 minutos sem ônibus, por conta da redução da frota”, afirmou. 

Além dos atrasos e superlotação, os usuários reclamam que os veículos estão sempre sujos, quebram com frequência e dos equipamentos de ar-condicionados que não funcionam. Já os trabalhadores da empresa se queixam dos atrasos de salários, que são frequentes. 

Reunião

Loira relatou que cobrou do vereador Fábio Valadão (PSDB), líder de governo de Cazellato, uma reunião com o Secretário de Transportes e com responsável pela Viação Terra. 

A Prefeitura de Paulínia foi procurada para se manifestar sobre a situação e até a publicação do texto não enviou nenhum retorno. Não conseguimos contato com nenhum representante da Terra. O espaço está aberto. 

 

Mais lidas