Cidades Paulínia

Morre o quarto idoso por coronavírus do Centro de Geriatria

Funcionários relatam "caos" e "medo" no Lar dos Velhinhos

05/08/2020 17h07 Atualizada há 4 meses
Por: Zatum Notícias Fonte: Raoni Zambi
Centro de Geriatria vive dias de
Centro de Geriatria vive dias de

Faleceu na madrugada desta quarta-feira (05) o quarto idoso, interno do Centro de Geriatria, em razão da Covid-19.  As outras duas mortes são de duas mulheres e um homem. Além disso, há nove funcionários e dois moradores fixos com o novo coronavírus. 

No total, seis idosos contraíram a enfermidade e quatro já morreram.  Atualmente, 23 idosos são residentes e 93 profissionais trabalham no centro. 

Mesmo com os óbitos que estão ocorrendo no “Lar dos Velhinhos”, o governo Du Cazellato (PSDB) aumentou a circulação de pessoas no espaço, com obras de manutenção e reforma. 

“Para garantir a segurança dos idosos do local, todos os funcionários da empresa responsável pela obra foram testados para Covid-19, os protocolos de higiene foram reforçados, não havendo nenhum contato entre os idosos e os trabalhadores”, alegou a administração.

Uma funcionária do Lar, que pediu para não ter a identidade revelada por temer algum tipo de perseguição, disse que a situação é de “caos, medo e tristeza”. 

“Nós, funcionários, estamos com receio de morrer, caso sejamos infectados, e emocionalmente arrasados. Sentimos amor e cuidado pelos vovôs e vovós que estão sob a nossa responsabilidade. A Secretaria de Saúde deveria ter seguido protocolos de segurança para evitar essas perdas”, afirmou. 

Conselho do Idoso 

O presidente do Conselho do Idoso de Paulínia, Jorcival Fernandes de Oliveira, disse que o órgão defende que os trabalhadores do Centro de Geriatria trabalhem exclusivamente no espaço.  “Poderiam ter tomado medidas mais restritivas para evitar que a doença entrasse no Lar”, afirmou. 

Fernandes ainda contou que desde o mês de maio, o conselho tem questionado a prefeitura, e que e ofícios com as recomendações foram encaminhadas para o MP (Ministério Público) e Secretaria de Saúde. 

Também foi encaminhada a ata de uma reunião ao MP, sobre a situação do Centro de Geriatria. 

Não compareceu

O secretário de Saúde de Paulínia, Fábio Luiz Alves, foi convidado pelo Conselho do Idoso a participar das reuniões sobre o coronavírus, mas não participou de nenhuma. A Prefeitura de Paulínia foi procurada para se manifestar sobre o assunto. Até a publicação do texto nenhum retorno foi enviado. O espaço está aberto, importante salientar. 

Nota da Prefeitura de Paulínia

Paulínia informa mais óbitos no Centro de Geriatria

O Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Covid-19 de Paulínia informa o falecimento de mais dois idosos residentes do Centro Municipal de Geriatria. 

Sábado, 1º, faleceu M.S.F de 86 anos, que estava internada no Hospital do Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos. 

Na madrugada desta quarta-feira, 5, veio a óbito A.N. de 72 anos, que estava internado no Hospital Municipal de Paulínia (HMP). 

Mais quatro idosos do Centro de Geriatria seguem isolados, aguardando o resultado dos exames de SWAB, que já foram realizados, sendo que são dois casos confirmados que já cumpriram a quarentena e aguardam pelos resultados para saírem do isolamento e os outros dois casos são suspeitos. 

Entre os funcionários dos nove que estavam com Covid-19, dois já voltaram a trabalhar e os demais já cumpriram a quarentena e aguardam os resultados de seus exames, para que também possam retornar a suas funções.

 

 

 

 

Mais lidas